Inapós
image
O curso de Fisioterapia do INAPÓS forma profissionais aptos a atuarem em um amplo leque de oportunidades. O Fisioterapeuta é o profissional responsável pela prevenção e tratamento dos distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, por traumas e por doenças adquiridas. Fundamenta suas ações em mecanismos terapêuticos próprios, sistematizados pelos estudos da Biologia, das ciências morfológicas. Fisiológicas, patológicas, bioquímicas, biofísicas, biomecânicas, cinesioterapias, além das disciplinas sociais e comportamentais.

INFORMAÇÕES GERAIS

Duração: 10 semestres em 5 anos


Regime: semestral


Carga horária total: 4.010h


Horário das aulas: segunda à sexta-feira.

Curso:

Autorização do Curso – Portaria nº 307 de 15 de outubro de 2020, publicada no D.O.U. em 16 de outubro de 2020

Institucional:

Credenciamento – Portaria nº 1.146 de 8 de Dezembro de 2009, no D.O.U. em 9 de Dezembro de 2009.
Recredenciamento – Portaria nº 1.204, de 26 de outubro de 2016, no D.O.U. em 20 de outubro de 2016.

Atenção à saúde

Os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual
quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os
problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos.
Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;

Tomada de decisões

O trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

Comunicação:

Os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;

Liderança

No trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;
V – Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação,
da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde;

Educação permanente

Os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática.
Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja beneficio mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

Fisioterapia Esportiva
É uma das áreas mais conhecidas e uma função fundamental e importante em centros esportivos e de treinamentos. Não é segredo que os esportes envolvem grandes negociações. Dessa forma, ter um esportista machucado e sem condições de desempenhar sua função causa prejuízo à sua equipe. Sendo assim, é crucial o trabalho desenvolvido por fisioterapeutas nessa área.

Fisioterapia em Acupuntura
Trata-se da aplicação da acupuntura ? e também de outras técnicas da medicina tradicional chinesa ? a problemas musculoesqueléticos. Pode tratar dores e depressão.

Fisioterapia do Trabalho
A área tem a função de manter a saúde do trabalhador e prevenir ou tratar lesões ou qualquer outra disfunção decorrente de sua atividade profissional.

Fisioterapia Neurofuncional
O fisioterapeuta pode ajudar pacientes que têm limitações físicas ou neuromotoras decorrentes de doenças neurológicas ou degenerativas, a fim de garantir sua autonomia.

Fisioterapia Aquática
Essa área de atuação engloba a utilização da água em diferentes contextos para promover a recuperação respiratória, o fortalecimento muscular e o alívio de dores, entre outros problemas. O trabalho com água se dá por meio de imersão, banhos, ingestão de águas naturais, ambientes termais com o uso de vapores e lamas, compressas, vaporização, dentre outros.

Fisioterapia Cardiovascular
Trabalha com intervenções para prevenir os fatores de risco cardiovascular e garantir melhores condições físicas e mentais dos pacientes com doença cardiovascular crônica. Os profissionais atuam também com a recuperação de pacientes após um acidente vascular cerebral, por exemplo.

Fisioterapia Respiratória
Trata de doenças respiratórias que podem ocasionar disfunções no diafragma, no metabolismo muscular e na oxigenação sanguínea.

Fisioterapia Dermatofuncional
Esse segmento é voltado principalmente à estética. O profissional ajuda em tratamentos como o de redução da gordura localizada, flacidez da pele, estrias, cicatrizes e outros tipos de condições que a pele apresenta.

Fisioterapia em Gerontologia
Trabalha com atenção e cuidados a idosos, com ênfase em sua qualidade de vida, bem-estar e mobilidade.

Fisioterapia em Oncologia
A assistência a pacientes com câncer ? ou com sequelas da doença ? também é uma das especialidades do fisioterapeuta. O profissional auxilia, inclusive, em pré-operatório, no preparo do paciente para o procedimento e para tentar reduzir as complicações.

Fisioterapia Traumato-Ortopédica
Acompanha e trata disfunções causadas por doenças, traumatismos ou lesões ortopédicas.

Fisioterapia em Saúde da Mulher
Compreende o trabalho com as especificidades do corpo da mulher. Desenvolve a ginástica íntima, que ajuda a diminuir sintomas da menopausa, no tratamento de incontinência urinária, auxilia com a redução de cólicas menstruais e a preparar o corpo para o parto.

Fisioterapia em Osteopatia
Nessa área, o profissional trabalha com a manipulação musculoesquelética para tratar doenças e aliviar sintomas de dores. Um exemplo é o trabalho para recuperar a postura adequada.

Fisioterapia em Quiropraxia
Nesse campo de atuação, o fisioterapeuta ajuda com a prevenção de doenças ou seu agravamento e reabilita fisicamente o paciente.

Fisioterapia em Terapia Intensiva
Trabalha com condições de pacientes que sofrem complicações clínicas e necessitam de acompanhamento contínuo. Esse trabalho é realizado em conjunto com outros profissionais.

EDITAL

Fisioterapia